09/04/2018

Katy Perry e Rihanna são amigas, mas anos atrás as duas quase protagonizaram uma disputa pelo lançamento da música “Only Girl (In The World)”, primeiro single do álbum “Loud”, de Rihanna.

Segundo o time de produtores noruegueses Stargate, em entrevista à revista Entertaiment Weekly, Katy Perry ouviu “Only Girl (In The World)” e queria a música para ela. Mas os produtores já haviam prometido a faixa para Rihanna. E foram fiéis a essa promessa.

“Nós tivemos uma reunião com L.A. Reid, que disse, ‘Okay, ‘Rated R’ foi ótimo, mas agora vamos voltar para os bons tempos’.’ Essas foram suas palavras exatas. Então nós dissemos, ‘Okay, vamos fazer bons momentos!”, afirmou Tor Erik Hermansen, um dos integrantes do Stargate.

“Nós escrevemos essa música com Crystal Nicole e Sandy Vee. Rihanna entrou na sala e disse,’Eu quero essa música’”, completou Hermansen.

“Sim, logo de cara. Eu até acho que ela disse, ‘Oh, esse é meu primeiro single’”, falou Mikkel Storleer Eriksen, seu companheiro no Stargate.

“E então, alguns dias depois, Katy Perry estava na sala e ouviu a música e disse, ‘Eu quero essa música’. Nós soubemos apenas por essas duas reações que tínhamos algo especial, mas claro que a música era de Rihanna primeiro, então ela ficou com a música”, concluiu Hermansen.

Sobre “Only Girl (In The World)”, Hermansen afirmou: “Foi o processo mais fácil com essa música porque foi rápido. Rihanna gravou e lançou super rápido. Eu acho que o segredo com essa música é a declaração que ela faz no refrão. Esse é o mais perto de um momento diva que você pode chegar. É moderno em sua sonoridade, mas tem esse momento diva clássico, onde ela está realmente soltando a voz e cantando muito.”

“Ela foi incrível. E sem querer ser muito técnico, mas o que faz dessa música ser um pouco diferente é a mudança de nota: o verso é em uma nota e então vai para uma nota diferente no refrão. Essa não é uma coisa normal de se fazer na música dance ou pop em geral”, explicou Eriksen.

Lançada por Rihanna em 2010, “Only Girl (In The World)” alcançou o topo da principal parada de singles da Billboard e conquistou seis certificados de platina nos Estados Unidos.

Fonte: Portal PopLine